Imagem retirada de https://link.estadao.com.br/noticias/geral,saiba-como-testar-e-otimizar-a-velocidade-da-sua-internet,70002956143

Se o consumidor só deve pagar pelo serviço que recebe, como ter certeza de que está recebendo a integralidade da internet banda larga da qual é assinante? No País, a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) é a responsável por regular os serviços de telecomunicação. Então, o consumidor está amparado pela agência inclusive para descobrir a qualidade das redes. Entenda.

Quais aplicativos que mostram a velocidade da internet? A Entidade Aferidora da Qualidade (EAQ), criada após determinação da Anatel, é um indicador de qualidade das redes que pode ser utilizado gratuitamente pelo consumidor, tanto no desktop como nos smartphones (Android e iOS)

Como testar a velocidade da minha internet?
- desligue o wi-fi,
- faça a conexão via cabo no seu desktop,
- inicie o teste,
- observe a velocidade indicada em “Download”.

Uma vez concluído o teste, o consumidor deve observar a velocidade do download. É essa parte que vai indicar se está recebendo ou não a internet pela qual está pagando, explicou o professor de Redes da Fiap Marcelo Morgantini.

A velocidade de upload - que é o envio de conteúdo para a rede de computadores - costuma ser mais baixa que a de download, por isso não serve de indicativo. “Se todo mundo tivesse a oportunidade de mandar conteúdo para a rede na mesma proporção em que consome dados, a internet ficaria lenta”, explicou.

Em 2016, as empresas de telefonia queriam limitar o uso da banda larga fixa à maneira como funciona o pacote de internet 3G e 4G nos smartphones. As companhias alegavam que serviços como Netflix e YouTube sobrecarregam a rede. A iniciativa, que teve repercussão negativa entre a população, foi barrada pelo Marco Civil da Internet, que autoriza as operadoras a cortarem o sinal de internet somente em caso de inadimplência.

fonte: Link Estadão, escrita por Érika Motoda

RGB Comunicação